quarta-feira, julho 25, 2007

Eterno abraço

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket


Enlaço-te
numa rama profunda e delicada
nas letras em densas águas
voluntariosas que não acalmam

Acompanho cada passo de luz e sombra
quando espelhas cansaço
da luta que te permeia
e, silente, espaças

E vivo
a Dita, a Desdita, com que enfeitas
outros traços
paralelos, singelos, que interessa?!,
se deles me fazes parte

E se me calo
e de silêncio adormeço
estremeço
sempre que um adoro me voa
e me lembra cantigas de outrora
no baloiçar de um eterno abraço


(pintura de Pierre Auguste Cot)


Poema in "transparência de Ser"

14 comentários:

Peter disse...

Regressaste "em grande". Poema e pintura fazem um todo.
Gostei especialmente dos últimos versos:

"E se me calo (...) de um eterno abraço", que te deixo.

Olhos de mel disse...

Nossa! Que lindo e profundo... Harmonia entre a imagem e o lindo poema.
Bjs

Vieira Calado disse...

Também gostei do seu poema.
Tem um ritmo certo e uma sagaz transposiçõo de palavras.
Bom fim de semana

Estrela do mar disse...

...embora andando um pouco ausente, hoje há festa na CLAVE...fazes parte delaaaa...aparece:)...


JInhossssssssss

MARTA disse...

Lindo - com paz, carinho...um abraço apaixonado e sentido...
Adorei cada palavra............
Obrigada pela visita...
Até já...
Beijos e abraços
Marta

A.S. disse...

Às vezes de manhã, encontro o teu nome nos meus sonhos...
Acho que são as saudades que me acordam!

Um terno beijo!

Luisa disse...

Lindo quadro e brilhante poesia! Há que tempos que não nos visitávamos e gostei muito de vir até aqui retribuir a visita que fizeste ao meu blog. Até breve.

Carmem L Vilanova disse...

Fico feliz de ver que voltastes doce Amita... :)
Cá voltarei a vir de agora por diante... :)
Beijos, flores e muitos sorrisos para ti, minha linda!

In Loko disse...

Eterna é a ternura e o gostar dado sem reservas quando se sente na carne, no calor dos braços que entrelaçados se desfazem em comunicados mudos!
Mais um lindíssimo poema amiga Amita!
Hoje apetece-me sorrir-te de maneira especial por te ver novamente por aqui. Beijinho grande...

cris disse...

Costumo vir e ler-te, em silencio. Sabe-me bem. Porque me desafiaram para escolher doze blogs que gostaria de ver editados, este teu foi um deles.
Obrigada pela escrita maravilhosa!

Beijo,
Cris

Olhos de mel disse...

Passando pra lhe desejar uma boa semana!
Fique com Deus!
Bjs

Menina_marota disse...

Minha querida Amita, apesar de já termos falado pelo telefone, quero deixar-te aqui o meu grande apreço, por teres aderido à maravilhosa lembrança e surpresa que os meus Filhotes me proporcionaram no dis de hoje.

Grata pelo maravilhoso poema que me enviaste, ficará guardado no meu coração.

Um Abraço carinhoso ;))

Maria Clarinda disse...

Foi maravilhoso andar por aqui, virei sempre que puder.
Jinhos

José Gomes disse...

Amita,
Passei por aqui para matar saudades e saber alguma coisa de ti.
Um abraço e vê lá se dás sinal de vida.
Um abraço
José Gomes