quinta-feira, janeiro 18, 2007

À deriva














Emblemáticas, monocórdicas, arredias,
pelos dias pairam letras e palavras
numa invasão programada
e de constância interrompida
trespassando as paredes da casa

E alego convincente
- Amanhã vou! - Ia…
se o ontem no presente
pelo nada se abria

E soldava-as lentas e leves
num espartilho de sal e pedra
na certeza desejada e incumprida
daquele sorver de passos
vozes, beijos, rever laços,
em lonjura adormecida

Sob a equidistante neblina,
adensada e caminhante,
embalei as velas do nosso barco
numa serena deriva
onde verdes peixes cantavam
nos murmurados solfejos
de um mar de amor, paz e vida

Emblemáticas, monocórdicas, arredias,
dançam letras e palavras
na lesta terminologia
de fortes correntes de água


(Fotografia de Zacarias Pereira da Mata -
Blog: http://zacariasdamata.blog.com/ )

Poema in "Transparência de Ser"



37 comentários:

o alquimista disse...

Gosto do teu preto e branco...

Beijinho

zacariasdamata disse...

Gostei muito Amita!
Gostei tanto que já o reproduzi no meu Blog.
Cumprimentos.

marconi leal disse...

Poucos conseguem tal destreza com esse espartilho. Mas você, sim, e com que beleza. Beijos.

Luisa disse...

Letras, palavras que tantas vezes se perdem mas aqui, neste poema são pedras preciosas na constução do sentimento.

o alquimista disse...

A luz inundou o dia, no resto do vago que resta da noite, sons de melodia dolente que ecoaram por toda a lagoa...

Feiticeiro domingo

Doce beijo

Bruxinhachellot disse...

"Se o ontem no presente pelo nada se abria..."
Vá, enfrente o desconhecido e mergulhas na imensidão sem temor e quando lá chegar ouça a voz de seu coração e irás encontrar o caminho.

Beijos de lua.

Alves Bento Belisário disse...

Obrigado Amita pela visita, a qual faço questão de retribuir, e pelo comentário.
Vou tentar visitar o teu blog mais vezes.
Abraço

Nilson Barcelli disse...

Gostei da tuas letras e palavras, "emblemáticas" mas nada "monocórdicas"...
É um poema excelente, como o são todos os que já li teus.
Boa semana.
Beijos.

Peter disse...

Um belo poema. Valeu a pena esperar pela inspiração.

Boa semana.
Bj

lena disse...

Amita, li-te do outro lado, hoje venho aqui, saborear a tua poesia,

sempre belos e excelentes os teus poemas!

não embalei as velas, estavam muito longe de mim, mas fui embalada melodiosamente pelos teus versos que me prenderam neste doce "mar" de palavras

abraço-te sempre com ternura, doce Poeta

beijinhos

lena

António Melenas disse...

É tão doce a tua poesia!
Mais um belo poema.
Bjs

heloisa disse...

BELISSIMO, NO SEU TODO!
Destaco a Segunda Estrofe (nao consigo copia'-la para aqui!)

A IMAGEM e' BELA E INVULGAR!

Um resto de bom sabado e um LINDO DOMINGO!

Beijinho.

Saudosa, Heloisa
******************

Isa&Luis disse...

Olá menina,

Poema envolvente, intenso e extremamente inspirado. Beijos, querida amiga!


Isa

Manel do Montado disse...

Amita,

Este teu espaço e estes teus lavrares de poesia são visita obrigatória para quem aprecia o bem escrito, sentido e rasgado de emoção.
Bj

alice disse...

olá amita, como está? lembra-se de mim? o manuel bento (alves bento blisário) convidou-me para esta próxima noite de poesia. gostava de saber se a amita vai. beijinhos

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Queria dizer que os meus blogs sumiram por isso resolvi fazer um novo,
Onde constam todos os meus temas, tanto poesia como prosa e textos vários...
Obrigada e peço-vos desculpa pelo transtorno
Estou a faze-lo conforme posso, não me esqueci de ninguém
Beijinhos
Conceição Bernardino

Meu novo blog- http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Que posso eu dizer se os meus olhos não falam!
Transmitem emoções, a essa beleza inconfundível
Que as palavras me transmitem
Aqui estou eu para te dar o meu gesto de carinho
Soberbo...
Obrigada pela vossa compreensão

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Queria dizer que os meus blogs sumiram por isso resolvi fazer um novo,
Onde constam todos os meus temas, tanto poesia como prosa e textos vários...
Obrigada e peço-vos desculpa pelo transtorno
Estou a faze-lo conforme posso, não me esqueci de ninguém
Beijinhos
Conceição Bernardino

Meu novo blog- http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Que posso eu dizer se os meus olhos não falam!
Transmitem emoções, a essa beleza inconfundível
Que as palavras me transmitem
Aqui estou eu para te dar o meu gesto de carinho
Soberbo...
Obrigada pela vossa compreensão

Ps - aquele blog amanhecer era meu eu e o david tinhamos os blogs ligados

Carmem L Vilanova disse...

Teus poemas me deixam sempre sem palavras, tamanha ternura, verdade, amor, doçura, tamanha quantidade de sentimentos que ali encontramos... Perfeitos! :)
Beijos, minha linda!

meialua disse...

Brindas-nos sempre com ternas palavras. Beijinho grande e bom fim de semana*

zezinhomota disse...

Minha amiga, que a felicidade esteja sempre a seu lado, junto dos seus.

Feliz fim de semana.

Bjnhs

ZezinhoMota

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Cá estou eu de novo para prestar a minha homenagem de beleza,
Cada dia que passa gosto mais de visitar o seu blog é fantástico e tem me ensinado muito.
Obrigada pelo ensinamento.
Beijinho
Bem-haja
Conceição Bernardino

http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Sinto que a amizade vai nascendo,
Cada palavra que me oferece é uma dádiva de inspiração, podemos sentir de maneira diferente, ainda bem mas como sabe bem sermos lidos e comentados por alguém.
É isso que faz a grande diferença sermos unos perante tanta subtileza.
Beijinhos
Obrigada
ConceiçãoB
Uma boa semana
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

henrique doria disse...

Vim revisitar-te, e sorver um pouco do teu amor pela vida. Beijos querida amiga.

M.P. disse...

Hoje não pude passar sem dizer que é LINDO o que aqui deixaste. Poesia pura no descobrir do além da palavra que é mais que o borbulhar de emoções, que é isso mesmo que aqui deixaste, essa simbiose linda do Tudo**

Nelson Ngungu Rossano disse...

Embora não veja o mundo a preto e branco - adorei conhecer este blog.
Voltarei novamente.

*********************************

Nelson Ngungu Rossano disse...

Embora não veja o mundo a preto e branco - adorei conhecer este blog.
Voltarei novamente.

*********************************

Luisa disse...

Obrigada pelo comentário deixado no meu blog. Acredito que muitas utopias deixem de o ser, um dia...quem sabe...

António disse...

Minha querida!
Parece-me que estás com mais comentadores.
Estás, não estás?
E vejo que depois de apanhares as mudanças no Sapo agora apanhas as do Blogger.
Tiveste problemas?
Eu tive e tenho!

Obrigado pela tua presença no meu louco refúgio literário no dia em que ele completa dois aninhos de existência.
É sempre um prazer e uma honra receber-te lá.

Mando-te beijinhos e um xi-coração muito apertadinho, tá?

filipelamas disse...

Muitos parabéns! Escreve muito bem!

Mestrinho disse...

uuaaauu, que viagem, de terminologia, simplesmente adorei.

Saudações Freudianas

António Melenas disse...

Bonita e inspirada esta tua dança de letras e palavras
Bjs

Conceição Bernardino disse...

Olá,
A perfeição é uma forma imperfeita que se apodera
De tudo o quanto é belo
ConceiçãoB
Uma boa semana
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Unicus disse...

Ler-te é estar contigo...
Beijos miuda

In Loko disse...

Bonito o barco, a via, que encheste de palavras não à deriva mas pensadas, digo eu! O cais está próximo... o cais teu papel onde escreves! Adoro ler-te querida amiga... beijinho grande Amita!

Conceição Bernardino disse...

Olá,
“A paciência tem mais poder do que a força”. Não meça um ser humano pelo seu poder político e financeiro. Meça-o pela grandeza dos seus sonhos e pela paciência em os executar.
Frase de Plutarco,


ConceiçãoB
Uma boa semana
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Ser feliz, do ponto de vista da psicologia, não é ter uma vida perfeita, mas saber extrair sabedoria dos erros, alegria das dores, força das decepções, coragem dos fracassos. Ser feliz neste sentido é o requisito básico para a saúde física e intelectual.
Paragrafo retirado do livro “Nunca desista dos seus sonhos” do autor augusto Cury.

É dos sonhos que eu vivo com os pés bem assentes na terra, força!
Beijinhos
Conceição Bernardino

david santos disse...

Olá!
Um espartilho espectacular.
Parabéns