sexta-feira, fevereiro 06, 2009






























Seremos ...
a porta do vento, um tempo que passa;
da gesta, o momento;
na minuta de uma tela, a palavra;
o despojado improviso
na lonjura de nada;
o vazio de um ontem sentido;
do canto da roda, a transparência esparsa

Mesmo assim, lançaremos
à brisa das águas
a utopia das cores em miscelânea,
e viveremos
o vórtice lento
nos braços da árvore
que embalaremos,
tu, eu, nós, em igual tempo,
até que em luz o silêncio se faça

Então, dançaremos
amenos sorrisos
de amor em cascata


(tela de Maria José Amorim)


15 comentários:

Paula Raposo disse...

Sempre lindos os poemas com que nos brindas! Obrigada! Muitos beijos.

Marta disse...

A vida é um ciclo...Às vezes, não é transparente e linda como o poema que escreves....
Adorei......

Beijos e abraços
Marta

alice disse...

em cascata a luz que irradia deste poema, querida amita. belíssima a tela :) um grande beijinho *

Peter disse...

Para quando a publicação em livro destes teus maravilhosos poemas?

P.S.- Por motivos particulares tenho andado afastado dos blogues.

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite.
Apreciei o seu poema.

Cumprimentos meus

sonhos sonhados disse...

KERIDA AMITA

...sempre doces e perfumadas as tuas palavras!
parabéns!

...já tinha muitas saudades.

jinhux létinha

tecas disse...

« Seremos...
uma porta de vento, um vento que passa»
uma brisa doce em pleno inverno.
Como sempre uma delicia.
Bji

Blueshell disse...

Uma combinação perfeita Gostei.
BShell

Blueshell disse...

Venho agradecer a tua visita e as tuas palavras. Adorei e fez-me bem ao ego.

Um imenso beijo Azul
BShell

Ana disse...

A porta do vento por onde entra a poesia de cada uma das tuas palavras.
Bj.

Semeando Letras disse...

Mande seus poemas para semeandoletras@hotmail.com para que sejam publicados no blog
www.semeandoletras.blogspot.com e vamos construir um espaço com poemas e poesias de diversos autores, para que todos conheçam seu trabalho. Abraço

A.S. disse...

A tua poesia... é inconfundível!...

Um beijo...

(vai ao Poliedro):))

Bob disse...

Ola, tudo bem?Vamos fechar parceria entre nossos blogs, trocando links, ou banners?É uma boa oportunidade para atrair novos leitores.Aguardo resposta para adicionar seu link, super abraço.

http://poemasepoesias-blog.blogspot.com/

simplesmenteeu disse...

Na "porta do vento", sopro a palavra, o gesto, o sorriso...
Semeio um lamento, um encontro...talvez um embalo...
Beijo

Aníbal Raposo disse...

Lindo poema Amita.

Beijos