terça-feira, dezembro 27, 2005

Relembro...










Olho… Relembro…
E bebo de um trago
O reluzir das colchas alvas
Imaculadas
Que lentamente o algodão tecia
Arabescos
Em escada

Cada hora, cada dia
Correndo a noite fechada

Voos de um berço de plumas
Silêncio
Ausência
Memória das colchas alvas
Imaculadas
De um ontem que hoje
É passado

18 comentários:

Poesia Portuguesa disse...

O passado volta, em lembrança. Sempre...
Lindo o conjunto poema/imagem, em verdadeira sintonia. Gostei! Um abraço carinhoso e boa semana :)

Menina_marota disse...

Uma sintonia perfeita: Poema e imagem! Gostei mesmo muito. Um abraço carinhoso e boas entradas em 2006 ;)

Manuel disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Manuel disse...

Um poema muito inspirado para terminar este ano sombrio. Desejo-te a continuação de Boas Festas e que o ano de 2006 venha cheio de esperança.

Peter disse...

"Memória ... de um ontem que hoje é passado"
Que tal de Natal "amita"?

GNM disse...

Está muito bonito o teu poema!

Espero que entres muito bem no novo ano.

Diverte-te e sorri!

maat disse...

Que o 2006 seja um ano muito especial para si, amiga.cheio de coisas boas e felizes.

beijinho,

maat

marcelo d´ávila disse...

De passagem pra deixar os votos de um 2006 pleno de poesia. Um beijo e uma rosa. Vermelha.

Manoel Carlos disse...

Como cantou Paulinho da Viola: "eu não vivo do passado, o passado é que vive em mim".

Double S disse...

Lembrar o passado é bom, desde que seja os bons momentos que passamos.

Passaro Azul disse...

Sensibilidade que toca a alma.
É repousante voar sobre este espaço.
Feliz 2006, pleno de venturas e sonhos concretizáveis.
Um abraço com amizade :)

Paula Raposo disse...

Bonito. Simplesmente belo! Beijinhos e um maravilhoso ano de 2006 para ti.

bluegift disse...

Sentires de um tempo de balanços. A ausência é a pior das saudades :)

Mais uma vez, um bom ano para ti, com menos ausências ;). Beijo.

M.P. disse...

Um ÒPTIMO 2006! Que te traga tudo quanto desejares! Beijinhos.

Fernando B. disse...


Hoje, ultimo dia de 2005, não comento textos, somente quero expressar a todas as minhas Amigas e a todos os meus Amigos, os meus desejos de um 2006, pleno de Paz e Amor. E que juntos trabalhemos para uma sociedade mais justa e mais Fraterna.

Fraternos Abraços e Beijos,

benechaves disse...

Olá amiga: atravesso o mar bravio e venho de encontro à sua poesia, sempre a brilhar deste outro lado do oceano. Que 2006 seja de muita paz e saúde pra vc. Vamos ver se nos encontramos mais amiúde neste ano, ok?

Beijos natalenses novíssimos...

Maria do Céu Costa disse...

Bom inicio de ano, para que o final do mesmo seja um agradavel relembrar. Beijinhos.

Raquel V. disse...

Muito belo...

"De um ontem que hoje é passado"


O presente que pressinto
a cada minuto que passa
não cabe na minha mente
mas muitas vezes me enlaça
e outras tantas me escapa