segunda-feira, março 19, 2007

Entre dois tempos
















I

Hoje...
Especialmente hoje...
que avistei peixes negros de bocas cosidas por dentro
pés de cabelo, sem sustento
lançando fogos de artifício
de brilhos desprovidos
e trajando enganos

Hoje...
Especialmente hoje...
o suave perfume da mensagem
reforçou os frágeis troncos da jangada
que no Amor ruma alada
pela consistência da viagem.

(escrito em 16 do corrente)


II

Transmutaram-se os peixes em pássaros
Soltando faíscas obscuras das inexistentes asas
E marchavam lentos enganos
Quais soldados de chumbo caramelizados
Derretendo viscosidades sobre o telhado
Que do jogo faziam parte.

Por vezes voam distraídas as projecções dos dedos
Na imprevisível chegada de pássaros negros.

Circunscrito o ontem no percurso
Bordo árvores de papel imaculado
Em orientais pastos recortados
Onde despontam as flores que uso
E o doce sorriso de um abraço
No branco-azul sereno de um canto.


(imagem de Young-jin Han)

12 comentários:

lena disse...

Amita doce poeta

senti esse canto sereno

os teus versos jogam entre si caminhos

os pássaros não tardam a chegar

neste silêncio que te leio, escuto-os a chegar devagarinho, no seu doce chilrear

o percurso leva-me ao ontem, hoje e amanhã...


ler-te é um bálsamo

como é bom ler-te


abraço-te com uma grande ternura

beijinhos muitos

lena

Nelson Ngungu Rossano disse...

Obrigado pela tua visita, vim retribuir...

gostei muito do blog, voltarei mais vezes!

beijos Amita I

Peter disse...

Belo, um poema com conteúdo e não só palavras bonitas para agradarem a todos.
Música suave e uma imagem no estilo das que aprecio.

Um regresso em grande.

Estrela do mar disse...

PROVA DE AMIZADE...
>>>
>>>000000000000000000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000000_____000000000
>>>0000000__________0000000
>>>00000000________00000000
>>>000000000______000000000
>>>0000000000____0000000000
>>>00000000000__00000000000
>>>000000000000_00000000000
>>>000000000000000000000000
>>>“Você pode ter 10 AMIGOS,
>>>Rir com 9,
>>>Conhecer 8,
>>>Conversar com 7,
>>>Festejar com 6,
>>>Se abrir com 5,
>>>Contar com 4,
>>>Chorar com 3,
>>>Precisar de 2,
>>>Só não pode esquecer de 1,
>>>EU!“
>>>Mande para os seus amigos, incluindo a pessoa que te mandou.
>>>**Se vc não receber nenhuma resposta: Cuidado! Faça mais amizades.
>>>***Se vc receber de volta 2x vc está longe de um bom começo.
>>>****Se vc receber de volta 3x vc é um bom amigo.
>>>****Se receber 4x vc é popular

Besitossssssssss

Estrela do Mar (Sandra)

alice disse...

amiga, mais uma vez, é uma grande comoção ler-te, sabendo que estas palavras vieram da escuridão ao encontro da mais pura luz. gostei muito de te ler aqui. beijinhos *

In Loko disse...

Depois de ler este "Entre dois tempos", apetece-me pegar nas palavras e moldá-las com as mãos, transformá-las em desenhos pequenos e ir colando na parede. Não sei bem ao certo o que criaria mas sei, que recantos do mundo seriam espelhados e belos como o teu sentir Amita! Beijinhos grandes...

António Melenas disse...

Poema em dois tempos, mas um todo, como conjunto pictórico, onde se cruzam os mais diveros elemntos e cores para fprmar um conjunto harmoniso de sinificados e de estilos
um beijo para ti

O Montanheiro disse...

Minha cara Amiga...

Estou muito emocionado com a tua visita ao meu blog. Sou como uma espécie de criança... a dar os primeiros passos (e muito tenho que andar!!!).

Venho assim retribuir-te com este meu agradecimento.

Passarei a estar mais atento a este belo canto poético.

Um beijo do amigo VR

alice disse...

beijinhos em directo da biblioteca de leiria ;) (li o post, adorei)

Jo disse...

Caro/a amigo/a venho lembrar o próximo jantar da Primavera dos bloguistas que se realizará
no dia 14 de Abril no restaurante do clube nacional de ginástica da Parede (antigo rádio clube).
Para se inscreverem acedam a: “momentos de luar” , “klepsidra” ou “recordações de um baú”
onde serão encaminhados para “os convivas do cotume”.
Vamos lá que a mesa está posta a contar contigo e vais ter uma surpresa!...
Abraços, até lá.

meialua disse...

Olá. Vim ver as novidades e deixar um beijinho com muito carinho e o desejo de uma Páscoa muito feliz!!***

Jo disse...

Amita, gosto imenso dos seus poemas e gostei de saber que vem ao nosso jantar do dia 14 com uma comitiva nortenha. Eu também sou do norte mas ando cá por Lisboa, qual cavalo de Tróia!.......