quinta-feira, agosto 18, 2005

O Gato

Bradam melros, cotovias
e até as próprias tias
atando as mãos à cabeça:
“Valha-me Deus, que tristeza!
Não é que o marau do gato
tão bonito e aperaltado
foi cair da janela?!”
“ A história, vai por mim…”
dizem o Zé mais o Quim
merceeiros da esquina
que passam o dia na fina
ombreira da porta a ver
as garotas que passam
e querem tudo saber
da vida da vizinhança,
“…o gato lãzudo veio
deitar-se no parapeito
da janela. Até que a gata
da Micas surgiu escovada
luzidia e perfumada
na escada de incêndio.
Vai daí, o gato um olho abriu
arrebitou uma orelha e sorriu:
‘mas que compêndio!...’
P’ra mostrar quão forte era
e para atrair a donzela
deu um salto mortal…
Não correu bem, afinal!
Pois uma rajada de vento
passou naquele momento
e ele voou uns cinco…dez metros
pr’ à copa da árvore mais perto
e lá ficou miando… quieto…
Enquanto a gata da Micas
rebolando o quadril, roliça
lhe atirava um beijo
e dizia: ‘é bem feito!...
p’ra não te armares em esperto!’ “

16 comentários:

wind disse...

Gargalhadas:) Muito engraçado este poema:) beijos

Heloisa B.P disse...

SORRINDO, deixo um ABRACO!
Heloisa.
********************

Adryka disse...

Achei muito engraçado, essa do gato tá demais.
Beijos

Fernando B. disse...

Fantástico minha querida. Genial.

Só faltaram os Bombeiros com a escada para resgatar o gato...

O comentáro anterior foi removido por mim porque eu me enganei. É um blog novo de uma Amiga, que eu ajudei a construír e não reparei que estava a comentar em nome dela. Já agora da-lhe uma força por favor.

Beijocas,

AS disse...

Amita!!!!

ADOREI... MIAUUUU MIAUUUU MIAUUUU

Manuel disse...

Os Bichos estão de volta. Para eles também vale a poesia.

henrique doria disse...

Os machos são convencidos, exibicionistas,e tontos.Beijos.

parquedacidade disse...

"...para cúmulo do azar, aquela bebida era realmente boa e doce..." (J.Gaarder). Risos. Um abraço do Parque

henrique doria disse...

Acabei de escrever a estória do meu gato Zeca. Em breve irá para publicação. Terei muito gosto em te oferecer um exemplar.Beijos

Gustavo Almeida disse...

Excelente!

Bastante jocoso e bem escrito.

Além de boa critica social é uma interessante crítica psicológica.

Miau...

AnaP disse...

Pobre bichano! :) Mas adorei o poema!
Beijocas!

Menina_marota disse...

Espantoso!! Adorei!!

Um abraço sorridente :)

Peter disse...

amita,muito,muito giro! Volto 6ªF para o Algarve e só regresso a 12 SET.
Conto com a tua gentileza. Saúde, boa disposição e "bibó Porto, carago"!

Manoel Carlos disse...

Engraçadíssima! :)

José Gomes disse...

Olha, olha, ainda não tinha visitado este blog.
Amita, desculpa.
Esse gato é o do Menina Marota?
Não esqueças que o próximo sábado é a Noite de Poesia.
Contamos com os amigos todos.
Um abraço

Leonoretta disse...

ola amita. adorei este poema, bem divertido e bem construido.
beijinho grande pelas tuas palavras tao perspicazes la no sitio. pois é, de letra em letra la vou levando a agua ao meu moiunho, rssssss
beijinhos da leonor