quinta-feira, novembro 24, 2005

Cantatas Profanas

















Saem trompetes, tambores,
entoando as cantatas profanas
de Bach.
Pelas aldeias, cidades,
rejubila o povo
com a opulência do coro
que se faz

São estranhas, são dramáticas,
embrião que a ópera traz.
Manipulado
torturado
seus véus rasga, desfaz

E a melodia enche os passeios
com um interior novo
num brilho circular
cheio
exultante na Verdade

Uma luz serena, em cores,
entoa as cantatas profanas
de Bach


Poema in "Transparência de Ser"

18 comentários:

Que Bem Cheira A Maresia disse...

Olá, obrigada pelo brinde que deixaste lá no nosso cantinho, foi um prazer enorme ter partilhado contigo.

Este poema tem uma força imensa e a imagem, tal como a música complementa-o de forma soberba.

Um beijo grande da mar revolto

Unknown disse...

Teus poemas sao sempre tao lindo, amiga, que nao ha palavras para comenta-los... Lindissimo!!!
Deixo-te muitos beijos de um lindo fim de semana

m.a. disse...

lindo,amiga,palavras que saem do coração.


***
bjs,

mariah

Peter disse...

Bom fds. Estou a localizar a música mas não me consigo lembrar do nome, nem do artista.
Princípios de Alzheimer? Nunca se sabe.
Quanto à poesia, a beleza das palavras. Sabes o que vales, não precisas de estar a ser incensada.

Maheve disse...

Bach, o poeta/musico das melodias intrigantes, grande gênio erudito e ícone da musica barroca/erudita.
Bela poesia
Abraços

Menina Marota disse...

"...E a melodia enche os passeios
Com um interior novo
Num brilho circular
Cheio
Exultante na Verdade..."

É a verdade que nos guia, exultante através das melodias do nosso coração...

Um abraço e bom fim de semana :)

Obra ao Negro disse...

Espectro #999 escreve:

     †     Deduzo que falas do João Sebastião.     †     Esse monstro da clássica.     †

     Ω  Beijocas e inté  Ω

Estrela do mar disse...

...e que LINDO é toda esta harmonia Amita...LINDO, LINDO @miga...


Beijinhos e continuação de um bfs.

AS disse...

Amita, digo-te apenas... lindissimo!!!

Um beijo grande

LetrasaoAcaso disse...

Belissimo!
Beijinho

Maria do Céu Costa disse...

Um poema melodioso. Beijinhos.

Que Bem Cheira A Maresia disse...

Passei para te deixar um beijo e um :)

Lina/Mar Revolto

bluegift disse...

Andas desaparecida. Está tudo bem contigo? Beijo.

Henrique Doria disse...

As cantatas profanas de Bach são também divinas, não é. Bom seria que fossem para o povo

Unknown disse...

Passe para deixar-te beijinhos de bom fim de semana... :)

Dulce Gabriel disse...

Gostei muito dos teus poemas e da calmaria deste lugar,vou voltar.

Maria Carvalho disse...

Bonito poema! Bom fim de semana

AS disse...

Bach, o misticismo das suas obras percebem-se neste lindo poema...

Beijos