quinta-feira, abril 19, 2007

O Centro



















Em sereno repouso

medito

o Centro perfeito do lago...


(imagem de Freydoon Rassouli)

11 comentários:

Manoel Carlos disse...

Serena meditação que ao âmago das coisas vai.

António Melenas disse...

Três linhas. peoema perfeito`. Tu és a voz da serenidadee a melodia está de acoprdo
Beijinho

un dress disse...

...sem pedras...

perfeito o centro...

abraçO :)

lena disse...

Amita, doce poeta

primeiro quero dar-te os parabéns pelo prémio, bem merecido, muito bem entregue, tu és mesmo poesia, poesia que nos toca e encanta

é um prazer ler o que partilhas, poeta linda

depois , este poema é tão profundo em apenas três versos dizes tudo

eu repouso aqui, muitas vezes e hoje fico também a meditar

a melodia foi sentida em cada verso, como se cada um fosse um poema

belo, Poeta linda

abraço-te com ternura

beijinhos para ti

lena

Juda disse...

Olá, eu tenho por hábito fazer isso nas praias de S. Pedro de moel... gosto... um abraço...

Nilson Barcelli disse...

Belas palavras a sublinhar muito bem a pintura.
Bom fim de semana.
Beijos.

MARIA VALADAS disse...

Um quadro perfeito...entre a imagem e palavras!

Palavras melodiosas.... ahhh que maravilha!!

Beijinhos minha querida!

maria disse...

Lindo, Amita, (sem mais palavras).

Um beijo.

entre linhas disse...

A verdadeira perfeição entre poucas palavras e a beleza da imagem.

Bom fim de semana

Bjs Zita

Peter disse...

"Meditar é preciso ..."
Obrigado pela ajuda, ficou perfeito.
Vou estar longe do meu PC por uns tempos, estou a ver que terei de acabar por comprar um portátil.

Um Bom Domingo para ti,
Peter

In Loko disse...

E em sereno repouso te desejo lindas e profundas meditações Amita! E parabéns pelo prémio, tu mereces, pelas emoções e encantos que dás às palavras! Beijinhos.