sexta-feira, abril 06, 2007

Venho ...














Venho de um tempo de graciosas asas
pelo silêncio adormecidas quando acamadas

de paredes nuas que ao longe me penduram
rostos inanimados sobre o telhado das árvores

do cume da montanha unido ao umbigo do vale
com pespontos de água sobre a estrada

do seio das mulheres translúcidas
da terra nascidas e da lua sussurradas

do mar, a solidão amanheço a escada
nas miscigenadas vagas de azul e verde

Venho, permaneço e caminho
no amor em branco-prata
a serenidade doce da cantata.


(pintura de Noronha da Costa)

(perante a temporal impossibilidade de visitas a todos desejo uma Feliz Páscoa)

12 comentários:

António Melenas disse...

Olá, doce Amita
É sempree um consolo para o eapírito ler os teus poemas e este não foge à regra... "do Cume da montanha ao umbigo do vale"
Hhá aqui uma curiosasanalogia entre a a forma da montanha e do corpo. Execelente
Desejo-te uma Boa Páscoa
Beijinhos

Menina_marota disse...

Um poema que encheu a minha alma!
Vim desejar-te um serena e santa Páscoa.
(Vê se me telefonas, preciso de falar contigo)
Beijinho e até logo ;)

MARTA disse...

Consolo que é caminhar serenamente e com amor.....
Lindo, Amita - suave, doce, tranquilo tudo aquilo que é a Páscoa.
Boa Páscoa
Beijos e abraços
Marta

Nilson Barcelli disse...

As tuas palavras são sempre uma delícia.
Os teus poemas são sempre bons. Parabéns.
Beijos.

lena disse...

Amita menina doce

a tua poesia cresce, é deliciosa , sussurra doçura em suaves melodias


lindo!

apetece ficar aqui e desfrutar por muito tempo toda esta beleza que é a tua poesia

abraço-te com carinho

beijinhos para ti

lena

In Loko disse...

Venho, e permaneço calado ao ler-te nas palavras estendidas na estrada por ti escrita... a solidão é de alegria da pena que risca o mar com tintas misturadas, desenha os silêncios, as árvores e paredes nuas... a solidão é de alegria quando escreves! Isto tá muito lindo minha amiga Amita! Beijinho grande...

un dress disse...

venho da alice...

ma.ra.vi.lho.sO *

maria disse...

Amita,

Vim ao teu encontro através da Alice. Gostei do que li, mas tenho que voltar com mais tempo, para apreciar devidamente e, inclusivamente, comentar se fôr essa a vontade.

A razão principal da minha visita de hoje é egoísta, confesso. Gostaria que passasses no meu blog e te sentisses tentada a participar no desafio que lá deixei.

Um abraço e até breve.

sonhadora disse...

Aqui o sonho cheira a paixão.Beijinhos embrulhados em abraços.

Pepe Luigi disse...

Tenho vindo a visitar os blogs inscritos no jantar convívio do próximo sábado, dado que pretendo conhecer as obras dos seus autores.
Da passagem que fiz nas anteriores postagens, muito admiro este espaço com cariz a tocar o surrealismo.
Gosto muito.

Até sábado com um beijinho
Pepe.

António Melenas disse...

Olá Amita,
Voltei a passar, voltei a reler. O mesmo encanto
Obrigado pelas doces palavras no meu blogue
Um beijo

Paula Raposo disse...

E amanhã vamos conhecer-nos. Beijos, até lá.