segunda-feira, setembro 26, 2005

Pinceladas

Não sei se leve a tela e as tintas
E no areal doirado e vasto
Te pinte a cor do sorriso

Não sei se mergulhe em tuas letras
E com a sua intensa beleza
Deslace os nós que sinto

Não sei se desenhe pontos traços
E preencha os espaços
De pirilampos infindos

Mas sei que à noite há fortes passos
Com que o sol reforça os laços
De luar no seu caminho

Que os mares se cobrem d'estrelas
Voando em danças serenas
No fio do paraíso

9 comentários:

Peter disse...

"Não sei se leve a tela e as tintas
E no areal doirado e vasto
Te pinte a cor do sorriso"

É melhor levares ...

GNM disse...

É lindíssimo!
Escreves muito bem.

Continua a sorrir...

sonhos sonhados disse...

Amita

...que pinceladas bonitas
e
que som!

gosto sempre de te ler.

beijux létinha.

serpa disse...

Senti amor transbordar pelos ouvidos. Muuuiito expressivo!
Bjs ;))

Semeadora disse...

Lindo poema , de uma ternura sem comparação. Permite que faça uma formatação para ele?
Semeadora

ponto azul disse...

Como sempre, inspirada pelos Deuses...Bjs :-)

Carmem L Vilanova disse...

Como é lindo ler-te querida Amita! Tuas palavras sao sempre ternas e verdadeiras...
Muitos beijos para ti!

Paula Raposo disse...

Bonito, sensual, apaixonado...gostei muito! Beijos

Zica Cabral disse...

adorei os teus poemas mas este , sobretudo toucou-me bastante
obrigado pela tua visita ao meu blog
eijinhos
ZIca