quinta-feira, setembro 16, 2004

Carta a um Amigo

Estas letras são para ti, meu querido e especial amigo (que não conheço).
As saudades sentidas (sei lá!...) apertam dia a dia com a tua ausência (estarás perto?).
Partiste (ou ficaste...) para terras longínquas (ou não) em busca da fortuna (ou da aventura) e duma melhoria de vida (liberdade?!).
Dos teus rastos (peugadas) ficaram as lembranças (souvenirs) dos caminhos partilhados (sozinho) nos passeios pelos bosques, pelo mar.
Tornaste-te o companheiro ideal (na solidão) para enfrentar as agruras da vida (ou não) e acompanhar a Dita (infelicidade) que programámos os dois (só tu).
O teu sorriso e alegria (em lágrimas) sempre presente, preenche os espaços vazios (nem tanto!) desta existência que vagueia ao sabor da maré (alta ou baixa) pela tua presença.
Tudo em ti resplandescia (era obscuro): os teus olhos, os teus gestos, a tua postura (que desconheço).
A tua verbalidade (mudez) fluente, plena de conhecimentos sábios (1+1=2), de cultura (dos legumes), enlevavam-me em miríades de cores (anácromas).
Em sonhos vias-me (a mim?!) dizias, para me colocares um ar feliz no meu rosto.
Os sonhos (pesadelos) comigo, transportávam-nos a lugares distantes (à cidade ao lado), com exóticos manjares (sopa?) e entardeceres das mil e uma noites (passou-se!...).
As viagens que fizemos (não existiram) tornaram-se memórias indescritíveis.
Meu querido e especial amigo (desconhecido), tudo isto não passa de lembranças (pequenas ofertas) de um passado sempre presente (inexistente) que nunca esquecerei.
Anseio o teu regresso (partida) como uma flor que espera a mão delicada que a irá colher (credo!...).
Manda notícias tuas (para quê, se não existes?!) logo que possas.
A sempre (jamais!) tua especial amiga (quem será?) que nunca te esquecerá (é já!...),

fk gtre unçoierynnb

9 comentários:

Maria Branco disse...

Querida amiga(que não conheço) magnifica carta (credo!) Obrigada pelos muitos sorrisos (lágrimas) que ele me despertou!! Quem não gostaria de receber uma assim? (eu!) Amigos (inimigos) assim nunca se esquecem (quem?) mesmo!! :) jhgg lhubj

IceBlackIce disse...

hehe não me recordo de ter lido tantas contradicções num texto :) muito bem. Beijo

lique disse...

Passou-se (ou não?). Fartei-me de rir (em lágrimas). Espero não vir a ter um amigo (qual?) desses. Beijos (a sério).

maat disse...

compreendo a interna "contra-dicção" deste texto.
Deixo um beijo,muito azul,e a voz silenciosa desta carta.


bfs.,querida Amita

AnaP disse...

Quantos "Olá" não encerram um "Adeus" e quantos "Até logo" não encerram um "Até nunca mais"... Beijos (beijos mesmo!)***

inconformada disse...

Que carta maravilhosa !
Acho que serve para toda a gente... :-)
Beijo

mauro_mars disse...

Esse amigo tem de ser especial, espero que ele te traga as alegrias que tanto esperas.

Beijinhos...

MWoman disse...

Comentário para a amita (ou talvez não)...Magnífica carta (só tu) para um amigo (que não conheces e eu também não!)...Agora vou ali e já venho (um dia, quem sabe?!?)Beijos........:)

polittikus disse...

Amigos da blogosfera!!! Todos temos, mas não conhecemos a cara... GOSTEI.