quinta-feira, março 24, 2005

Viração

Voam horas, soa o tempo
O mar s’agita de flores
Brancas, diáfanas
O raio de fogo aclareia
O crepúsculo das dores
Na noite que tu enlaças

Gira a lua, o sol s’esconde
Orgulhoso do seu manto
Tecido de rubras pétalas
Que caem, vão desflorando
Caminhos onde tu passas

As Sílfides correm enquanto
As Musas buscam seu canto

5 comentários:

Carmem L Vilanova disse...

As musas... ai as musas... Sabes? Desejava ser uma delas... tao lindas... nao sei se existem em verdade, mas creio mesmo assim... :)
Lindo poeminha, doce Amita!
Deixo-te um beijinho de Feliz Páscoa!
Desejo que possas passá-la feliz junto a todos os teus amores! :)

Estrela do mar disse...

...Amita...desejo-te uma Páscoa muito feliz...e com alguns docinhos...
Um beijinho*.

AS disse...

Amita, uma Boa Páscoa!

Um beijo de chocolate...

pipetobacco disse...

{ ... naufrago em ilhas nunca antes visitadas [e gostando] © de[mente] ... } :)

heloisa disse...

MAS QUE LINDO!
MAS QUE "VIRACAO"!!!!!!
Sinto-me "embalada"!!!!!!!!!
Meu ABRACO enho dixar e VOTOS DE *PASCOA* HARMONIOSA!_SAUDE ACRESCIDA_!
*PAZ*!!!!!!!!
Beijinhos, minha Amiga e GRATA pelo Seu CARINHO!
(enviei Cartao, espero que receba!).
Heloisa.
*********************