sexta-feira, abril 15, 2005

Anatomia

São olhos, são mirantes
misteriosos, indagantes
os passos que aqui passam

São braços longos, envolventes
tentáculos nus, inconscientes
os olhos que me enlaçam

São mãos finas, delicadas
afagantes, espantadas
os braços que caem pendentes

São pés que correm sinuosos
ziguezagueantes, tortuosos
as mãos tacteantes, frementes

São corpos, peles, amantes
de outros que por instantes
os pés levam em correria

São eternas mentes
que leve desmentes
É Anatomia!

7 comentários:

Vulcão disse...

Anatomia sim!
Corpos de todos nós!
O corpo que possuimos, com que nos damos aos outros, com que nos mostramos ao mundo. E o corpo que tanto nos dá!

Bonito!
Beijos grandes

litle lucy disse...

Continuas extremamente bela

beijo rose*

Manoel Carlos disse...

Isto aqui em nada se parece com o frio desta Cidade Invicta.

benechaves disse...

Oi, Amita: transpus o oceano bravio e estou cá a me encantar nos e cantar os teus versos. Cantarolando nado de volta e levo os ditos versos para minha aldeola natalense.
Um beijo dentro de mar profundo...

Carmem L Vilanova disse...

Uma bela Alma, envolta em um corpo saudável... Para mim, eis a perfeita anatomia!
Muitos beijinhos, doce Amita, e um lindo fim de semana!

alfinete de peito disse...

"Eternamente,
E...ternamente,
Eterna...mente,
Éter...na...mente!"

Temos dito

Mercador e Grizo

Heloisa B.P disse...

Delicada e sensual beleza!!!!!
Adorei!
Beijinho!
Heloisa.
**************