quinta-feira, dezembro 16, 2004

Como Uma Marioneta

Sonhei com olhos amorfos parados
Entre gentes deslizantes
Olhos no palco fixantes
Como uma marioneta actuando
Sapateados
Uma criança abraçando
Ensinando
Batimentos cadenciados
Ela sorria, finalmente!

Despertar em cansaços intrigantes…

3 comentários:

AS disse...

Os insondáveis mistérios do sonho!... Gostei do sorriso da criança...

Um beijo

Carmem L Vilanova disse...

Tao cândido!
Tao lindo! :o)

JPD disse...

Há sonhos assim.
A actividade lúdica tem tambem as suas atribulações.
Bjs